Flight of Icarus

julho 12, 2008

Saca um dos mais antigos sonhos do homem? Quase lá…

http://www.youtube.com/watch?v=okA34PT41ig

Chupa Homem-gavião.

Anúncios

Sobre a LDU

junho 6, 2008

Leo Ponso diz:
bolaños é o nome, não hurtado
Leo Ponso diz:
grande jogador
Ante diz:
alksdhfjklasdhflkasdhflkajsdf
Ante diz:
ADEOS
Ante diz:
irmão do Chaves
Leo Ponso diz:
hsahs
Ante diz:
Godines
Leo Ponso diz:
dxfjkdcgk
Ante diz:
Godines é o lateral esquerdo e JAYME CARTERO é reserva
Leo Ponso diz:
dona névis presidente do clube
Ante diz:
DONNA NEVYS
Ante diz:
um magnata inglês
Leo Ponso diz:
bah
Leo Ponso diz:
pior
Ante diz:
GYRA FALLIS, centroavante, óbvio
Leo Ponso diz:
Sir MADRUGA, técnico

(lembrar do episódio em que Quico fala: “mamãe, mamãe, o seu madruga vai me cochear”)
Ante diz:
lasdkjflaksdjfkla
Leo Ponso diz:
XAP ATIN, goleiro árabe
Ante diz:
as90df8a90sdf890a
Ante diz:
NHO-NHÔ, volante chinês
Leo Ponso diz:
hdgvkadfjgadfdfhfgjdghkmxghmxz
Leo Ponso diz:
putz, dei fiasco aqui no trabalho agora

Woody Allen mode no msn

junho 5, 2008

guilherme diz:
tem telefone de um marcineiro ?
Leo Ponso diz:
no mínimo inusitada pergunta
guilherme diz:
no minimo
Leo Ponso diz:
acho que não
guilherme diz:
nao queira maiores explicacoes
Leo Ponso diz:
só no uruguai
Leo Ponso diz:
hshs
guilherme diz:
no uruguai tem marcineiro ?
guilherme diz:
mercenario?
Leo Ponso diz:
uruguai = zona sul
Leo Ponso diz:
kfjdbhsfgblzfgb
guilherme diz:
mas é pra zs q eu quero
guilherme diz:
gloria
Leo Ponso diz:
provável que todo marceneiro uruguaio seja mercenário
Leo Ponso diz:
seria uma glória achar um marceneiro uma hora dessas
Leo Ponso diz:
mas só conheço marceneiros na tristeza
Leo Ponso diz:
talvez pelo que ganhem, essa tristeza toda
guilherme diz:
hahaha
Leo Ponso diz:
(papo de louco)
Leo Ponso diz:
cara, tenho um primo marceneiro
guilherme diz:
faz sentido

Satisfações

maio 26, 2008

Eugene Hutz é um gênio. A banda que lidera, Gogol Bordello, é o que de mais divertido e musicalmente provocante andei encontrando por aí (valeu Véio Urso). Atenção para os arranjos trabalhadíssimos, mesmo que se trate de uma banda de Gypsy Punk, para as letras sensacionais e para o figuraça Hutz, um cigano que parece uma mistura de Hique Gomes, Frank Zappa e Cheech Marin. Rola uns vídeos ali, vale a pena.

 http://profile.myspace.com/index.cfm?fuseaction=user.viewprofile&friendID=8377874

Pronto. Depois de dois meses, um post porcamente idealizado só pra não decretar o fim logo após o começo. Mas decidi que, enquanto estiver sem saco, assim será. Tentem me amar assim mesmo.

Perdi.

abril 29, 2008

Quase um mês sem postar hein? Digo…

Voltamos logo.

Chopin e o mordomo

abril 4, 2008

 Monthy Python + Chaves & Chapolim + Maestro Pletskaya + Tom e Jerry = Diversão ingênua e irrestrita. 

Quem não entender a referência a Tom & Jerry, acesse este link. Um dos melhores desenhos de todos os tempos, ganhou Oscar de animação em 1946.

Post homenagem a Caroline Cao Ponso, minha irmã pianista, e ao seu marido, Nilo André “devil in the sky” Piana de Castro, maior cinéfilo bélico do Brasil e dono da maior coleção de CDs do Deep Purple ever.

 Título: homenagem a Roberto Bolaños, o eterno Chespirito.

Réplica ao Vô Bimbo

março 19, 2008

vinhon-024.jpg

Almirante Ponso foi a Flores da Cunha neste final de semana com o nobre intuito de comprar uvas. Podê-las-ia (hs) ter comprado em um mercado qualquer, mas disse eu que o intuito era nobre. E o era pelo fato de meu pai ser produtor de vinho. Dos mais modestos, como ele mesmo faz questão de frisar. O que não o impede de ir em busca do que deve ser a melhor uva do Rio Grande para produção vinícola.

vinhon-001.jpg
Calma nena. Tio Léo já traz a chucha de vinho.

No domingo, boa parte da família acordou cedo pra Vindima. Na verdade, QUATRO GERAÇÕES da família puseram-se a esmagar os negros grãos da felicidade a partir das oito da manhã. Admito que o processo deveria ter sido realizado com os pés, o que conferiria o status ROOTS ao processo. Mas 150 Kg de uva não merecem o pisoteamento, é uma quantidade considerada pequena. Fomos à luta com as mãos, mesmo.

vinhon-010.jpg
“Te liga guri, vão roubar mio mosto” 

Digo fomos, mas apareci apenas à tarde, eu que estava almoçando com a não menos nobre FAMÍLIA FREITAS. Deu tempo de sujar as mãos, chorar de emoção e tirar umas fotos, às quais compartilho com todos. Creiam, há algo de mágico no processo de reunir a família em torno de um ritual que faz parte de uma tradição ancestral e que envolve a produção artesanal da mais nobre bebida inebriante de que se tem notícia. Estou de mal comigo mesmo por não ter participado do processo todo, mas folgo em saber, principalmente vendo estas fotos, que terei chance não apenas de presenciar o processo muitas vezes mais como também de levá-lo adiante. 

Outro dia eu conto a história do suntuoso nome com que meu pai alcunhou seu vinho.

feto.jpg
E agora anda-se usando bonequinhos de resina simulando fetos em missas nas arquidioceses do Rio de Janeiro. A estratégia foi traçada pelo bispo don Antonio Augusto Dias Duarte na campanha da fraternidade deste ano, que tem como tema o aborto.

Dom Antonio está sendo acusado de terrorismo por inúmeras organizações de defesa do direito da mulher. Defende-se alegando que a Igreja tem o direito de conscientizar a população. Realmente, se utilizar da crença das pessoas na instituição e na emoção que um artifício desses desperta é um processo de conscientização bastante racional. Putalamerda. Não queria nem entrar na questão do aborto, se deve ser legalizado ou não. Já adianto que acho que deve. Mas discutamos de forma racional, forcraistseik. Um fetinho de látex em uma vasilha de gel, como chegou a ser usado, é muita covardia e crueldade.

Mas a motivação maior deste post foi o link que acabei fazendo com um episódio de House, aquele seriado que é uma mistura de PLANTÃO MÉDICO COM MAGAYVER. No referido episódio, House tem duas opções para salvar a vida de uma mãe e seu feto de, se nã me engano, 5 meses. Ou ele realiza uma cirurgia de altíssimo risco que consiste em abrir a barriga da mãe e meter a mão em não sei o quê do feto que a está matando, ou então ele opta pelo aborto. Obviamente, ele defende o aborto, mas todos optam pela cirurgia. Quando House finalmente abre a placenta da moribunda, o feto de 5 meses, inexplicavelmente, segura com a mão um de seus dedos, numa cena bisonha e ao mesmo tempo meio fascinante. Tudo acaba dando certo e tanto a mãe como o bebê ficam bem. Segue-se uma cena com o médico questionando tudo o que sempre defendeu com relação à medicina e à vida.

Pois então. Hoje me deu o estalo. Por Cristo, quanto será que custou ao Vaticano esse lobby em forma de enlatado americano? 

Não faz a menor diferença ela ser gata. Faz, mas logo passa. É de fato irrelevante. Já me disseram que ela é brega, que é música de motel, que é GUEI. Recusaram-se a escutar em desagravo ao hype. Não dei ouvidos a ninguém. Ando escutando muito o que ela fala, isso sim. No momento, é o anjinho que me acompanha devagarinho numa rua meio solitária. Obrigado, moça.

Pergunta: seria a série Guitar Hero uma das franquias mais criativas e divertidas da história dos games? Ou apenas configura-se numa “máquina de fazer doido punheteiro”?

Minha resposta é relativamente simples: tudo separa-se pela linha tênue entre o “Hard” e o “Expert”.